Feliz Natal!

DJ!-cartão-Natal-2017

Anúncios

Anúncio dos Ganhadores (sorteio 2017)

Prezados leitores, boa noite!

Desde 2011 o Direitas Já! publica artigos de opinião e informação sobre variados temas da política e economia nacional e internacional, bem como artigos sobre filosofia política e econômica a partir de diversas perspectivas da direita política (libertária, liberal, conservadora, etc.). Ao longo destes 6 anos, construímos uma base sólida de leitores e nos orgulhamos de ser uma parte, ainda que ínfima, da tomada de consciência do povo brasileiro.

Queremos continuar levando conteúdo de qualidade a todos vocês, mas infelizmente um dos nossos principais canais de publicação, o Facebook, tem se mostrado cada vez mais inimigo de dois princípios fundamentais sobre os quais esta página foi fundada: a liberdade de expressão e o direito ao dissenso. Além da censura direta por meio de bloqueios, o Facebook tem reduzido drasticamente o alcance de todas as postagens, de modo que hoje só conseguimos chegar a 5-10% de todos os curtidores da nossa página. Consideramos isso uma prática abusiva, pois ganhamos cada curtida ao longo destes anos devido à qualidade do nosso conteúdo, gerando tráfico e receita para a plataforma, que agora usa a restrição artificial do alcance das postagens como uma maneira de obrigar os geradores de conteúdo a pagar por publicidade.

Por esta razão recorremos à esta campanha: para incentivar nossos leitores a seguir o Direitas Já! diretamente pelo boletim de e-mail, sem o Facebook como intermediário. Sabemos que é difícil largá-lo, mas é necessário para que tenhamos liberdade de escolha sobre a informação que consumimos. Você também pode nos seguir no Minds.com, uma rede social focada na liberdade de expressão. Rede esta que, em parte graças ao esforço tradutório do editor deste blog, em breve estará disponível em português.

Sem mais delongas, o objetivo desta publicação é anunciar os ganhadores do nosso sorteio deste ano. Participaram do sorteio todos os leitores que assinaram o nosso boletim mensal esse ano. A cada assinante foi atribuído um número segundo a ordem cronológica da assinatura, e em seguida realizamos um sorteio de três números através da plataforma sorteador.com.br.

Os três felizes ganhadores do vale-presente de R$100,00 (cem reais) para usar na loja da Livraria Concreta são:

  1. Marise Aparecida Schwab
  2. Luizmar Braga
  3. Iris Moura Caldas

Os ganhadores tem até o dia 30/12/2017 para entrar em contato conosco através do email direitasja@gmail.com para receber o prêmio.

Os documentos e evidências do sorteio estão nos links no final do artigo. Por questões de segurança e privacidade dos dados dos nossos leitores, os e-mails não constam nestes documentos, somente o nome com o qual o assinante se registrou, o seu número de participação no sorteio e a data de assinatura.

Para finalizar, queremos agradecer a todos os nossos leitores pelas mais de 380 mil visualizações deste ano e desejar a todos vocês um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo!


Documentos:

SORTEIO: assine, compartilhe e ganhe

Acesse direitasja.com.br/assinar, clique em assinar e preencha o formulário para receber mensalmente o nosso boletim com os últimos artigos publicados. Em seguida, compartilhe essa promoção nas suas redes sociais. Se você já é nosso assinante, basta compartilhar a publicação!

Todos os assinantes participarão de um sorteio que será realizado no dia 1º de dezembro de 2017. Serão 3 ganhadores premiados cada um com um vale-presente da Editora Concreta, no valor de R$100,00, para você adquirir livros e cursos grátis.

Aqui é cultura na direção certa!

A covardia e delinquência dos porta vozes do marxismo

Há dois dias, uma certa revista entrevistou o editor chefe do Blog Direitas Já!, o que parecia ser apenas uma entrevista padrão acabou se mostrando uma atitude desleal e delinquente como podem constatar no artigo:

A Esquerda Mijona e seu Humor Político Involuntário

Fora os clichês e mentiras comuns que estamos acostumados a ver e ler nos meios de comunicação esquerdistas, assusta pela distorção do que foi dito pelo entrevistado e posteriormente publicado, sem que o mesmo soubesse do teor do conteúdo final “editado”.

Também venho enfatizar a incoerência e hipocrisia por parte do entrevistador, que ao que tudo indica é uma pessoa que fugiu do terror comunista no leste Europeu nos anos 70.

É no mínimo curioso, alguém que foge dos campos de concentração comuno – socialistas continuar a defender o ideário tirânico esquerdista.

Por que fugiram ou fogem “dos paraísos socialistas” então?!

Quanto aos absurdos de tentar relacionar o Nacional Socialismo e o Fascismo a Direita, as imagens abaixo refutam essas tentativas delinquentes:

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Esquerda Mijona e seu Humor Político Involuntário

O número 62 da revista Brasileiros, publicado em Setembro, fala da direita brasileira em ascensão. Entre uma série de erros grotescos, como inferir que o Instituto Millenium é o “líder da direita” e que o Pedro Bial é o fundador de um movimento da direita (what!?), o Direitas Já e eu, Renan Felipe, sou mencionado. Isto porque no mês de agosto respondi, por e-mail, a uma entrevista para Alex Solnik

Quem é Alex Solnik? Alex Solnik é um jornalista com mais de 40 anos de atuação na imprensa paulista. Ucraniano, foi naturalizado brasileiro em 1971. Se o nível das perguntas condiz com o tempo de experiência, já já os leitores descobrirão.

Pois bem, respondi à tal entrevista. Não me preocupei em comprar a revista ou buscar uma edição digital: assumi que a revista não tinha lá tanta expressão. Eu particularmente nunca ouvi falar do Solnik. Hoje, porém, a página do Instituto Mises Brasil no Facebook publicou algumas páginas escaneadas da revista, até porque ela cita outros grupos liberais de peso, como o já mencionado Instituto Millenium. Outros citados são o site de humor político Vanguarda Popular, o movimento que pretende reconstruir o ARENA, o filósofo Luiz Felipe Pondé, etc.

No que toca ao Direitas Já e a mim, deparo-me com isso:

Para ler o texto transcrito, clique aqui.

Deixando de lado a parte do analfabetismo político e econômico do autor do texto, o que é perdoável para um jornalista de esquerda, vamos direto ao ponto. Alex Solnik distorce as palavras do entrevistado, tirando-as do contexto, e escreve:

“O voto não vem em primeiro lugar”, antecipa-se um dos participantes de um blog chamado Direitas Já, Renan Felipe.

A desonestidade vai mais fundo:

“Tanto Lady Baginski quanto Renan Felipe estão nas águas da direita sem conhecer muito bem aquele que foi e é até hoje a expressão máxima desse caminho político, o abominável Adolf Hitler.”

Sim, claro, para um esquerdista que nunca se deu ao trabalho de ler autores como Mises, Hayek, Reisman ou Bastiat, Hitler é e sempre será “a expressão máxima” da direita. Somente um desconhecedor da história do Socialismo na Alemanha e dos movimentos sindicalistas revolucionários europeus do século XIX pode afirmar tamanha besteira com tanta convicção. Assume, portanto, que eu deveria ser versado na obra de Hitler porque isso é o que o entrevistador acha que direita é.  Isto, é claro, omitindo propositalmente o fato de que o entrevistado deixou bem claro que o nacional-socialismo não é uma ideologia política da direita, bem como seus parentes corporativistas, fascistas, falangistas, etc.

Insistindo na tática suja da culpa por associação, Solnik continua com sua tentativa de igualar a direita ao nacional-socialismo e assim demonstrar que o entrevistado “culpa a esquerda pela existência da direita”. Claro, porque para um analfabeto político, a direita nasceu em reação à esquerda, e não o contrário, como é estudado na História da Revolução Francesa. O objetivo do caquético jornalista é associar Hitler à direita e ponto final.  Provavelmente pelo fato de ele jamais ter lido qualquer autor da direita (Burke, Kirk, Oakeshot, Disraeli, Chesterton, etc), o nome de Hitler seja o único que ele consegue usar para atingir o desonesto propósito da culpa por associação.

Segue a entrevista na íntegra:

1. O Movimento Direitas Já pretende se transformar em partido? Ou vai apoiar algum partido de direita que surgir?
O Direitas Já não constitui um movimento. O nosso objetivo é a difusão de informação, conhecimento e diversão para pessoas que estão cansadas da política trivial e que tem interesse em conhecer a direita política, que é bastante abrangente.

2. A direita nunca chegou ao poder pelo voto, no Brasil. Somente pela força. Qual é o melhor caminho: pelo voto ou pela força?
Se considerarmos a Monarquia Constitucional como direita política, não podemos afirmar que ela chegou ao poder no Brasil pela força, senão que fundou o Brasil como Estado independente. A luta pela Independência não pode ser equiparada com a tomada do poder pela força. Se considerarmos os  partidos republicanos, federalistas e conservadores a ganhar eleições para a presidência, temos um total de doze presidentes durante a Primeira República. A pergunta “pelo voto ou pela força” apresenta uma falsa dicotomia: a política não se resume ao voto, a política não é só a eleição. Por isso, o caminho é a educação, a instrução, a formação em primeiro lugar. Em segundo lugar vem o voto.

3. A direita tem um líder no Brasil? Quem é?
Não. Direita é um termo muito abrangente. Dependendo de como você define a direita, você pode estar colocando no mesmo barco monarquistas conservadores católicos e libertários individualistas ateus. Então não, não faz sentido falar de um líder da direita no Brasil como não faria sentido falar de um líder da esquerda no Brasil.

4. Renan, li um artigo seu em que você chama os socialistas de “mijões”. Pode explicar melhor?
Não sei de que artigo você está falando, e não costumo empregar este vocabulário exceto quando escrevo Humor Político. O blog tem diversos colaboradores, nem todos os artigos são de minha autoria.

5. Quando se fala em direita o primeiro nome que vem à cabeça é Adolf Hitler, Você leu o livro dele? Conhece suas ideias? O que acha delas?
Este é um preconceito muito difundido no Brasil, que é o de associar nacional-socialismo ou fascismo com Direita Política. Tanto o nacional-socialismo quanto o fascismo nascem da esquerda política e se dirigem para o centro, mesclando elementos de nacionalismo e socialismo. Nunca li o livro de Adolf Hitler, apenas excertos, discursos e citações. De um modo geral, as idéias nacional-socialistas são muito ruins porque mesclam tudo que não presta: socialismo, racismo e nacionalismo fanático.


De fato, nunca escrevi um artigo referindo-me aos esquerdistas como “mijões”. Quando muito escrevo artigos de humor ironizando-os. Conheço socialistas, sociais-democratas, trabalhistas, sociais-liberais, e não acho que podemos compará-los todos à esquerda assassina de Stalin, Lenin, Pol Pot, Mengistu e Castro. Mas para o jornalista da esquerda vulgar, o direitista deve ser no mínimo um Geisel ou Pinochet, ou neste caso, Hitler. Se escrever sobre economia e filosofia liberal, pensamento conservador, personalismo e Estado de Direito é o ápice do “hitlerismo”, posso afirmar sem dúvida: estou errado, Solnik é o fundador da esquerda mijona.


Dicas de leitura:

Novidades no blog Direitas Já

Hoje não temos uma, mas três novidades para você leitor.

Primeira novidade: Adicionamos hoje uma série de livros à nossa biblioteca nas suas três seções (inglês, português e espanhol), então temos disponíveis mais obras de grandes pensadores como Murray N. Rothbard, Alexis de Tocqueville, Ayn Rand, Carl Menger, Böhm-Bawerk, Lord Acton, Alberdi, além de grandes clássicos de Fiódor Dostoievski, Voltaire, e as leituras que são praticamente obrigatórias Arte da Guerra (de Sun Tzu) e 1984 (de George Orwell). Agradecemos à contribuição de Adriel Santana por esta leva!

Segunda novidade: Reorganizamos os dados sobre a equipe do blog e as informações para contato no menu ‘Sobre nós’. Lá você tem acesso a três seções:

  • Colaboradores – com informações sobre os autores e colaboradores do blog;
  • Contato – com nosso e-mail e link para a página do Direitas Já! no Facebook;
  • Quem Somos – uma introdução rápida ao blog.

Terceira novidade: Dedicamos uma página exclusiva do blog em homenagem às vítimas do terrorismo de extrema-esquerda no Brasil. Esta página tem por objetivo ajudar na recuperação da memória histórica brasileira, e não deixar que os crimes perpetrados pelas guerrilhas terroristas sejam esquecidos.

Gostou? Tem alguma crítica ou sugestão? Mande-a para o e-mail direitasja@gmail.com