Greve nas federais, um breve resumo

Estão em greve 70% das universidades federais e os motivos são sempre os mesmos, falta estrutura, salários baixos, motivação mais baixa ainda e etc. Durante o governo Lula e a campanha eleitoral da Dilma o governo federal se gabou de ter aumentado o número de universidades no país, fez disso um chavão eleitoral que rendeu votos e atraiu alguns incautos e o resultado está ai, alunos sem aula, professores descontentes e reclamações a mil.

Esse vídeo mostra um pouco a situação de uma dessas novas federais, mas que tende a repetir-se nas outras.

Vendo a situação dessa UF, fica claro que muitas universidades foram inauguradas as presas (por que será né?), outro ponto é a alta evasão escolar, muitos alunos entram, mas poucos continuam devido a falta de recursos das instituições. Na Universidade Federal do ABC, que não está em greve, mas continua sendo um gigante canteiro de obras, mais de 40% dos alunos que entram, acabam saindo do curso devido à falta de estrutura e professores. O governo federal construiu inúmeras universidades, mas não terminou as obras, fizeram tudo as presas, muitas delas são apenas esqueletos ou figuração, pouco tem produzido aos alunos e até ao próprio país.

Nas eleições durante o debate, uma professora perguntou como a então candidata Dilma Rousseff pretendia cuidar da educação, veja a baixo.

Agora como presidente eleita, Dilma Rousseff, age de forma bem diferente, pois a greve está ai já um bom tempo e não tem sido nada feito, para piorar a mídia mal noticia essa situação e aponta a raiz do problema.