Ciro Gomes, o Japão e o desarmamento

Recentemente a página do Facebook “Time Ciro Gomes” publicou um infográfico comparando a política de controle de armas e os seus respectivos resultados nos EUA e no Japão. A imagem dá a entender que a alta taxa de homicídios nos EUA se deve ao grande número de armas possuídas legalmente no país, enquanto o Japão logrou uma baixa taxa de homicídios proibindo o porte.

FB_IMG_15189854780947044.jpg

Mas há dois problemas com essa comparação:

  1. Por que comparar com o Japão e não com o Brasil? No Brasil o porte de armas é restrito também. Só que este exemplo não serve pois no Brasil a taxa de homicídios é praticamente o dobro da americana, o que ficaria mal para o viés de auto-serviço e “cherry picking” da página.
  2. Países onde o federalismo é forte, como Estados Unidos e Suíça, não podem ser comparados como unidades inteiras em temas como controle de armas ou legalização das drogas, do contrário você terá uma imagem distorcida dos efeitos das leis. A melhor maneira de saber se o desarmamento civil funciona não é comparando os EUA com o Japão, é comparando os estados dos EUA onde o porte de arma é legal com o Japão ou, melhor ainda, com os estados dos EUA onde o porte de armas é ilegal. Como esta comparação demonstraria cabalmente que a correlação entre porte legal de arma e homicídios é negativa, também não servia.

Ou seja, a página apoiadora do Ciro Gomes já tinha uma opinião formada sobre a política de controle de armas, independente dos fatos, só precisava de uma imagem narrativa para reforçar a sua crença, totalmente irracional, de que desarmar o cidadão vai reduzir os crimes violentos no país.

Anúncios

Autor: Renan Felipe dos Santos

Indie Game Localizer.

Uma consideração sobre “Ciro Gomes, o Japão e o desarmamento”

  1. o que voce disse é bem verdade. e outra, nós devemos também levar os seguintes fatos em consideração:

    -não devemos comparar os homicídios em números, e sim pela taxa de 100 mil habitantes, pois numa população com 1 bilhao de habitantes com certeza haverá mais mortes do que num país onde há apenas 1 milhao de pessoas. porém se no país onde há 1 milhao de pessoas a taxa por 100 mil habitantes for maior do que no país onde há 1 bilhao, isso significa que o país que tem 1 milhao de pessoas é o mais perigoso;

    -a taxa de homicídios nos eua em 2016 foi apenas de 5,35 por 100 mil habitantes, e lá é o país onde a população é mais bem armada do mundo. Já no Brasil, onde o porte de armas é proibido para o cidadão, a taxa foi de 29,53 por 100 mil, uma diferença abismal.

    -não dá pra comparar o japão com os eua, pois o japão tem uma população muito menor que a dos eua, no japão há uma maior igualdade social, as leis de lá são mais rígidas para criminosos (tanto que lá ainda há pena de morte para vários tipos de crime) o que desincentiva as populaçoes entrarem para o mundo do crime ; por outro lado os eua, apesar de ser um país rico, tem muito mais desigualdade social que no japão e as leis são um pouco mais brandas, apesar de serem mais rígidas que as do Brasil.

    Não adianta querer deixar a população desarmada e os criminosos armados até os dentes, isso só fortalece mais ainda mais o crime. o estatuto do desarmamento não impede de alguém ir até o mercado ilegal de armas, tanto que vemos ladrão pé de chinelo equipado com uma ak-47.

    antes do estatuto do desarmamento as pessoas diziam que havia mais segurança de ir e vir, hoje em dia com o estatuto parece que as pessoas se sentem mais inseguras de saírem nas ruas.

    isso prova que para o estatuto do desarmamento dar certo precisa também endurecer as leis, dar uma maior igualdade de renda para todos, ou caso contrário, o desarmamento só vai fortalecer mais ainda a criminalidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.