Suíça proíbe naturalização de dependentes da assistência social

A partir deste janeiro, a obtenção da cidadania suíça será mais difícil para imigrantes. A nova lei federal de nacionalidade proíbe a aquisição de cidadania suíça por parte de pessoas que dependam ou tenham dependido de assistência social até três anos antes da solicitação, excetuando-se o caso daquelas pessoas que reembolsem o valor integral da assistência.

Suíça

A nova lei também exige que os candidatos à cidadania demonstrem competência linguística níveis A2 (escrita) e B1 (oral) em uma das quatro línguas nacionais suíças: alemão, francês, italiano e romanche. Os governos cantonais podem exigir níveis ainda mais altos de competência.

Em compensação, a nova lei reduz o prazo mínimo de residência legal para solicitação de cidadania de 12 para 10 anos. A notícia foi publicada originalmente no jornal suíço The Local (em inglês). Para ler o artigo original, clique aqui.

Anúncios

Autor: Renan Felipe dos Santos

Indie Game Localizer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s