Tags

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Agora a máscara caiu em rede nacional, confirmando aquilo que sempre dissemos: PSDB e PMDB não são oposição ao PT. Os três são integrantes da mesma quadrilha montada para roubar o país. Ou seja, os três maiores partidos políticos do país estavam (e estão) em conluio para alternar indefinidamente o poder entre si. Isto significa que a democracia deixou de existir no país, algo que o Mensalão já evidenciava em 2013.

Lula-Temer-AécioOs três principais líderes políticos do país estão unidos para tentar impedir o avanço da Operação Lava-Jato e salvar suas peles e a de seus cúmplices. Há até indícios de que o juíz Teori Zvascki tenha sido vítima de um assassinato político. A situação que vivemos é pior do que a da Venezuela, pois a nossa ditadura é branca, velada, disfarça-se de democracia.

Não alimentem qualquer esperança de oposição com os tucanos ou pmdbistas, e arriscaria dizer, membros do PP. O Brasil precisa de uma limpa, com cidadãos conscientes e de mentalidade antigovernista, pra ontem.

 

E quando dizemos consciência cidadã não estamos pensando, como é de praxe, em um cidadão “politizado”, que “vota consciente”, sabe quem tem a ficha limpa e acompanha o andamento dos projetos de lei. Estamos pensando em um cidadão consciente do fato de que a classe política, como um todo, trabalha contra ele dia e noite. Que é preciso estar alerta o tempo todo e defender as liberdades civis, a autonomia e a independência do cidadão frente ao governo do seu próprio país, fazendo pressão, fazendo ativismo e acima de tudo, recorrendo à desobediência civil e ao anarquismo prático se for necessário.

Já demos poder demais à classe política e agora é tarde demais para se iludir com uma reforma de dentro que vá reduzir a intromissão do Estado na vida dos indivíduos. Não espere que o governo vá solucionar os problemas de segurança, saúde ou educação. Para os políticos eles não são problemas, apenas a fonte da ilusória autoridade deles sobre você: enquanto você acreditar que eles irão resolver estes problemas (que eles mesmos perpetuam), você será escravo deles e da farsa democrática em que vivemos. Já vivemos sob um governo ilegítimo. Cabe a nós responder da maneira adequada, exercendo o nosso legítimo direito à dissidência e montar uma resistência cidadã.

Arme-se, proteja sua vida, sua família, seus vizinhos e sua propriedade. Trabalhe e descubra fontes de renda alternativas e que lhe permitam evadir taxas, impostos e papelada. Eduque seus filhos em casa, com ou sem ajuda de professores particulares, e faça um esforço ativo para desfazer o trabalho de doutrinação ao qual eles foram submetidos na rede regular de ensino. Se puder, retire-os da escola. Na atual conjuntura, o país já vive em uma situação de acefalia política, um misto de anarquiae tirania; e não importa quem será o próximo Presidente, interino ou não.

Anúncios