Tags

, , , ,

O plebiscito para decidir se o povo colombiano ratifica ou rejeita o acordo de paz do governo com as FARC acaba de chegar ao seu final. Mais de 12 milhões de colombianos saíram para votar neste fim de semana, cerca de 40% de toda a população do país.

plebiscito-colombia

Apesar da intensa campanha publicitária promovida pelo governo do presidente Juan Manuel Santos, em todos os canais de comunicação tradicionais e pela internet, em uma decisão histórica, os colombianos votaram pelo “não”, que ganhou por uma margem de 0,23% frente ao “sim”. O resultado final é de 50,24% dos votos pelo “não” e 49,76% dos votos pelo “sim”, o que contradiz o resultado das “pesquisas de opinião” publicadas antes do plebiscito, as quais previam uma vitória do “sim” com 75% dos votos.

Isto significa que o acordo de paz negociado em Havana e firmado em Cartagena no dia 26 de outubro (2016) passa a ser considerado nulo e inválido. Até o momento, nem as FARC nem o governo se pronunciaram sobre o resultado do plebiscito e portanto ainda é incerto se um novo acordo será negociado ou se a trégua será interrompida.