Tags

, , , , , , , , , , ,

O que houve em Dallas não foi um tiroteio. Foi um ataque terrorista onde 5 policiais foram assassinados e 7 outros foram feridos. A ideologia motora do ataque desta vez não foi o jihadismo importado das nações árabes, mas um produto tipicamente americano: o nacionalismo negro.

micah-johnson

Antes de ser abatido pela polícia, o autor do ataque ameaçou que haveriam mais ataques à polícia. Explosivos foram encontrados no local do ataque.

O autor do ataque, Micah Johnson, veterano da Guerra do Afeganistão, afirmou que sua intenção era “matar brancos”, “policiais brancos”. Apesar de negar ligação com qualquer grupo, o terrorista foi identificado como membro do Novo Partido Panteras Negras de Houston.

Originalmente uma milícia formada para defender a população negra das investidas da Ku Klux Klan na década de 60, os Black Panthers formaram sua própria ideologia radical ao longo dos anos. O partido original, dissolvido na década de 80, adotava o socialismo revolucionário e o nacionalismo negro como pilares da sua ideologia. A nova versão do partido, apesar de descartar a influência maoísta do seu antecessor, manteve o componente racista e adicionou outros. O grupo é descrito como um grupo de ódio, e é acusado de anti-semitismo, supremacismo racial e segregacionismo. Portanto, no tema das tensões raciais dos EUA, a ideologia dos Novos Panteras Negras não difere daquela do White Power: defendem um nacionalismo baseado em ódio e segregação racial.


Gostou deste artigo? Receba nossas atualizações por e-mail assinando o nosso boletim:
Boletim Direitas Já!