Tags

, , , ,

(Materia da Revista Time de 2009)

Em fevereiro deste ano, o governo inglês adotou nova orientação sobre a legítima defesa. Autorizou os cidadãos a usarem a força, inclusive armas de fogo, na defesa de suas vidas. A medida é surpreendente, pois em 1997 o governo baniu as armas de fogo e, desde então, processou cidadãos que se defenderam usando armas e outros meios.
Quando se discute a proibição ou não da venda de armas de fogo no Brasil, vale a pena pensar sobre o exemplo inglês. Os dados sobre a criminalidade na Inglaterra mostram que, desde 1997, ano em que foram banidas as armas, os homicídios cresceram 25% e os roubos 36%. Hoje, a Inglaterra possui taxas por 100 mil habitantes mais altas do que os Estados Unidos em roubos, assaltos e arrombamentos. As taxas são as seguintes para 2003:

Roubos:

Inglaterra: 191,7 casos por 100 mil habitantes
Estados Unidos: 142 casos por 100 mil habitantes

Assaltos:

Inglaterra: 450 casos por 100 mil habitantes
Estados Unidos: 295 casos por 100 mil habitantes

Arrombamentos:

Inglaterra: 1550 casos por 100 mil habitantes
Estados Unidos: 740 casos por 100 mil habitantes

Os números acima são a prova definitiva e inegável que o “desarmamento inglês”, ao contrário do que se imaginava, não reduziu a violência e a criminalidade no país. Os Estados Unidos, “infestados” de armas de fogo, têm menos roubos, assaltos e arrombamentos. Isso tudo dá o que pensar!

Inglaterra Autoriza Legítima Defesa e Uso de Armas