Tags

, , , , ,

“Os cães ladram e caravana passa” diz o velho ditado.

As causas de todos nossos problemas são internas, a carga tributaria absurda sem nenhuma contrapartida que nos massacra, a burocracia que impede e desestimula o trabalho e investimento, a falta de segurança jurídica e respeito a propriedade privada que nos mantêm constantemente receosos de perder tudo para algum grupelho marxista, a infraestrutura caótica que nos custa caríssimo, a corrupção que é endêmica justamente em função de um Estado grande e centralizador além tantos outros problemas conhecidos por Custo Brasil.

Com todos esses problemas nossos “representantes” decidem atacar a politica agrícola dos EUA, como se isso fosse a principal causa de nossos problemas e prejuízos. Parece que é difícil para eles se focar em reduzir a carga tributaria que o principal vicio do Estado Brasileiro e a causa da maioria dos problemas do setor produtivo. Raramente vemos nossos representantes atacar com firmeza esse problema que se amenizado já criaria um círculo virtuoso para solução de outros problemas como infraestrutura, logística e mais investimento em tecnologia. Menos impostos resultam produtos e serviços mais baratos e mais dinheiro no bolso do setor produtivo para investir nessas melhorias.

Raramente alguém faz uma defesa veemente do direito a propriedade e a legitima defesa, quando o fazem é de forma tímida e hipócrita, afinal a maioria deles virou a casaca e se mancomunou com os comuno/socialista de plantão.

O país cada vez mais parecido com a Argentina, esta que esta cada vez mais parecida com a Venezuela a qual dispensa maiores explicações e os mesmo continuam focados no discurso “moderado”, “apolítico”, e “apartidário” que sempre fomentou todas as ditaduras esquerdistas.

Mas como “bons” socialistas, não poupam folego quando é para criticar o capitalismo e os EUA, ai eles mostram que tem “sangue nos olhos”.

Ao invés de copiarmos o modelo que deu certo praticado nos EUA, Federalismo (descentralização do poder), Estado mínimo, baixa carga tributaria, respeito a propriedade privada e garantias de legitima defesa e tudo mais que os Pais Fundadores sabiamente forjaram na solida constituição, “seguimos latindo” contra supostos problemas que os outros nos causam desviando do real foco de nossos problemas e agindo “moderadamente” contra e quanto aos mesmos. Lembrando o que Barry Goldwater ensinou: ““Extremismo na defesa da liberdade não é um vício!… Moderação na busca da justiça não é uma virtude!“.

Politica de avestruz, enfiar a cabeça na terra diante dos reais problema ao invés de enfrentá-los e procurar bodes expiatórios para os fracassos consequentes.

Outra máxima bíblica diz “Não julgueis, e não sereis julgados. Porque do mesmo modo que julgardes, sereis também vós julgados e, com a medida com que tiverdes medido, também vós sereis medidos. Por que olhas a palha que está no olho do teu irmão e não vês a trave que está no teu? Como ousas dizer a teu irmão: deixa-me tirar a palha do teu olho, quando tens uma trave no teu? Hipócrita! Tira primeiro a trave de teu olho e assim verás para tirar a palha do olho do teu irmão.” (Mt 7,1-5)

Enquanto “nossos cães” se concentram em latir para quem segue adiante, nos continuaremos relegados ao atraso e ao esquecimento.

  1. Custo Brasil, Preço dos Grãos e o custo de produção.

  2. Brasil é o pior em retorno de impostos a população, aponta estudo.
  3. Por que produzir nos EUA é mais fácil?, por Glauber Silveira

  4. Os dois lados da moeda na agricultura brasileira.