Tags

, , , , , , , , , , , , , , , ,

David Černý é um artista tcheco conhecido pela sua rebeldia. Seu meio favorito de expressão é a escultura, e frequentemente opta por atacar nacionalistas e comunistas em suas intervenções. Algumas das suas obras são memoriais: sua obra Quo Vadis evoca as tentativas de fuga dos alemães orientais para a Alemanha Ocidental através da República Tcheca, representadas na obra como um Trabant (carro típico da Alemanha Oriental socialista) com pernas humanas.

Uma obra que lhe rendeu até prisão foi pintar de rosa um monumento nacional da República Tcheca: um tanque soviético que simbolizava a expulsão dos nazistas pelos soviéticos, mas que se tornou um símbolo de poder do governo comunista não menos totalitário que por décadas submeteu o país. A intervenção artística tornou o “monumento” até mais agradável:

david-cerny-pink-tank2

Mas agora nosso amado artista foi, digamos, um pouco menos sutil. Ele decidiu mandar seus cumprimentos ao governo tcheco e ao Partido Comunista instalando uma belíssima escultura sobre uma plataforma no rio Vltava bem em frente ao Castelo de Praga, a residência presidencial. O motivo, especula-se, sejam as próximas eleições onde se prevê uma participação social-democrata com apoio do Partido Comunista, que não tem participação política significante no país desde a Revolução de Veludo que derrubou o comunismo tcheco.

Vejam que maravilha:
Cerny Middlefinger