Proclamação da República, o maior golpe de estado da história brasileira: A história que seu professor não contou

 

Proclamacao da Republica - 1893 - Benedito Calixto

Diferente do que foi aprendido nos tempos de escola, a república não era uma ideia que agradava a população brasileira, pelo contrário. Já em 1884, bem próximo a sua “proclamação”, apenas três republicanos conseguiram se eleger para a câmara dos deputados e na próxima eleição somente um.

Os republicanos tentavam a todo custo disseminar suas idéias pelo país, porém era um trabalho em vão. Quando enfim perceberam que não conseguiriam por fins pacíficos acabar com o império, tiveram a grande idéia de um golpe militar. Só que para que isso acontecesse precisariam ter o apoio de um líder de prestígio da tropa militar. Foi ai que então resolveram se aproximar de Marechal Deodoro da Fonseca em busca de apoio.

O que grande parte das pessoas não sabe é que foi tarefa difícil convencer Marechal Deodoro a dar o golpe, tendo em vista que o mesmo era amigo do Imperador Dom Pedro II e era um dos maiores defensores do Monarquismo.

Entenda o cenário:

Dom Pedro II, filho mais novo do Imperador Dom Pedro I tornou-se imperador aos 5 anos de idade e teve que passar grande parte da sua infância estudando para que fizesse um bom reinado. Como já dito em artigo anterior, um rei é preparado pra reinar desde o momento de seu nascimento, logo as longas horas de estudo e preparação do nosso Imperador resultou em transformar o Brasil numa grande e potente nação emergente. Sua estabilidade política era notória e o Império do Brasil se destacava em relação as nações vizinhas. Tínhamos liberdade de expressão, respeito aos direitos civis, tendo em vista que foi durante seu reinado que foi assinada a lei áurea, pela sua filha Dona Isabel Cristina Leopoldina Augusta Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga de Bragança e Bourbon, popularmente conhecida como Princesa Isabel.

Poucos sabem, mas desde meados de 1850, Dom Pedro II se declarava publicamente contra o regime de escravidão. Fato esse corajoso, tendo em vista que poucos brasileiros na época se manifestavam contra o regime. O nosso imperador considerava a escravidão uma vergonha nacional e tampouco possuiu escravos.

A escravidão no Brasil vinha sendo extinta de forma gradual através de várias medidas. Em 1871 veio a lei do ventre livre que ajudou bastante a diminuir o percentual de população escrava no país. Todos consideravam que esse posicionamento político de Dom Pedro II em relação a escravidão seria suicídio político, pois até os mais pobres no Brasil tinham escravos como propriedade.

Em 1888, quando princesa Isabel Decretou a Lei Áurea, os donos de escravos sentiram-se traídos pelo regime monárquico e por forma de vingança tornaram-se republicanos. Os mesmo são chamados de republicanos de última hora.

Voltando ao golpe militar, como já foi falado, os republicanos precisavam de uma forma de convencer Marechal Deodoro a dar o golpe e tanto tentaram que acabaram conseguindo.

No dia 14 de novembro de 1889, os republicanos, num ato muito “honesto” fizeram correr o boato de que o primeiro ministro Visconde de Ouro Preto havia decretado prisão contra Marechal Deodoro e o líder dos oficiais republicanos o tenente-coronel Benjamim Constant. Essa falsa notícia fez com que Marechal Deodoro decidisse se levantar contra a monarquia. Na manhã do dia 15, Deodoro reuniu toda a tropa em direção ao centro da cidade do Rio de Janeiro, capital do Brasil Império, com o intuito de decretar a demissão do ministério de Ouro Preto. Porém, ainda não tinha a intenção de proclamar a república.

No calor dos acontecimentos, os republicanos precisavam pensar em algo rápido para que convencessem de vez o marechal a fazer a proclamação. Informaram-no então que Dom Pedro II teria nomeado Gaspar Silveira Martins como primeiro ministro. Gaspar nada mais era do que um rival de Deodoro, pois os dois já haviam disputado o amor da mesma mulher na juventude. Essa foi a gota d’água para que fosse feito o rompimento total com a monarquia.

Dom Pedro não reagiu ao golpe. Passou os seus últimos dois anos de vida no exílio na Europa, vivendo só e com poucos recursos. O primeiro ato de corrupção do regime republicano foi quando os golpistas ao obrigar a família imperial do Brasil ao exílio, retiraram dos cofres públicos 5 mil contos de réis e deram a Dom Pedro II como forma de indenização pelos danos sofridos. O Imperador não só recusou como também exigiu que caso o dinheiro já tivesse sido retirado dos cofres públicos que fosse feito um documento comprobatório no qual ele o estaria devolvendo. Ele citou então a frase: “Com que autoridade esses senhores dispõe do dinheiro publico?”

Aposto que isso tudo seu professor de história não contou: Brasil, um país republicano, graças a uma disputa amorosa.

Para quem desejar se aprofundar no assunto, leia o livro “1889” de Laurentino Gomes.

Leia também: Por que eu sou Monarquista


Gostou deste artigo? Receba nossas atualizações por e-mail assinando o nosso boletim:
Boletim Direitas Já!

Anúncios

Autor: Rafaela Santos Jacintho

"Posso não concordar com nem uma das palavras que me diz, mas lutarei até com minha vida se preciso for, para que tenhas o direito de dizê-las".

54 comentários em “Proclamação da República, o maior golpe de estado da história brasileira: A história que seu professor não contou”

  1. ESTOU COM CERTEZA UM TANTO PERPLEXO COM O QUE LI AQUI , CONFESSO VOU ME APROFUNDAR MAIS NESTA MATÉRIA , QUE PELA QUAL ESTOU MUITO INTERESSADO.
    GRATO

    TADEO

  2. Na minha opinião, a melhor forma de organização de um país é sendo uma república federativa presidencialista, organizada por uma constituição escrita. O que está errado no Brasil não é ele ser uma república presidencialista, o que está errado é que aqui no Brasil o governo federal é muito inchado e aparelhado, o que faz com que a economia fique estagnada. A democracia representativa é a forma mais justa de alternância de poder. Ela respeita a meritocracia. Nós, que defendemos o Liberalismo Clássico, geralmente defendemos a democracia. Apesar de tudo isso, eu tenho que reconhecer que a democracia, se não for sustentada por instituições fortes e o império das leis, ela pode se tornar uma ditadura da maioria.

    1. Bruno, eu digo que a melhor forma de organização, certamente, não é uma republica presidencialista pois:
      1) SEgundo você mesmo disse, o governo etá inchado e aparelhado. MAs, o governo está assim graças ao próprio presidencialismo, tal que em uma república presidencialista ambos os poderes de Estado e Governo estão concentrados em uma única pessoa. Ou seja, Essa pessoa (o Presidente) não somente é quem representa o povo, mas também quem representa o partido que está no poder. Acho que eu nem preciso explicar em palavras o que isso pode causar, afinal, o mínimo que você pode ver, hoje, no Brasil, é uma terra de políticos apadrinhados e povo marginalizado pelo assistencialismo. A república presidencialista tende a gerar caudilhos, e isso é exatamente o que nós a quase toda a América Latina vem sofrendo. E esse é somente um dos males trazidos pelo presidencialismo. Estado é Estado e Governo é Governo… Não podem se misturar ou vira bagunça.

      2) A democracia representativa realmente é uma coisa muito boa. Só é uma pena que não exista no Brasil, afinal, quem acumula votos, hoje, com o sistema de votação é o partido e não a pessoa. Ou seja, Vote em um Tiririca e os ex-presidentes que nos roubaram até as moedas podem entrar na cúpula do governo sem ter um único voto.

      3) A República Presidencialista não respeita a meritocracia. Quer uma prova? Basta olhar para o estado de descaso em que está o Nordeste. Olhe, mais especificamente, para o Maranhão. Olhe para o estrago que foi causado pelos Sarney e sua falsa “meritocracia”. Quantos dos nossos representantes políticos realmente tem Formação, Cultura e Idoneidade para representar alguém? Quantos deles chegaram aos seus cargos porque mereceram e comprovaram tal?

      4) Quanto às leis: A Constituição de 1824 era boa pois (não era ótima, isso eu digo com certeza, mas foi, sim, boa) deu flexibilidade para a governança no Império. Os direitos civis passavam por cima da Constituição. As leis do Império visavam o povo em primeiro lugar, pois a Cosntituição e o Código Civil feito sobre ela não tinham prioridade, a prioridade era o bem estar. O que muitas pessoas, hoje, chamam de balbúrdia política da época do Império era a briga entre a o Partido Cosnervador e o Partido Liberal, (luta que sempre foi e sempre será benéfica para a sociedade, pois precisa dessas duas instituições para tocar a discussão) eram leis discutidas extensivamente. Agora, veja hoje, a Constituição é interpretada ao sabor dos políticos, vale apenas para nós e não vale para eles. Não pode ser revista, e quando existe a possibilidade de revisão é para colocar emendar que favorecem apenas aos políticos. E quanto vem um Pato(a) falar em reforma política, vem com um plano golpista e caudilhesco nos modelos bolivarianos.Hoje sequer existe discussão direita/esquerda, antes de qualquer coisa porque não existe direita instituída, Outro motivo por não ser conveniente para o Governo e então porque não faria bem aos planos de nossos presidentes.

      Um abraço.

      1. Só corrigindo uma coisa, democracia representativa só nos dá o direito de escolher “nossos representantes” não temos poder de decisão, nossa voz não vale nada, vocês estão se referindo a democracia participativa a qual além de escolher através do voto, a população tem voz ativa e poder de decisão, a nossa democracia que infelizmente é representativa ela é o pior tipo de democracia.

    2. Nos explique por favor, por quê uma república presidencialista é a melhor forma de organização do Estado. Aproveite para explicar também, as vantagens, sobre uma monarquia parlamentarista constitucional. Nos explique, para que possamos avaliar.
      jairo braz de souza

    3. Bruno Silva, eu respeito opiniões contrárias sem problemas, mas…

      Sinceramente ? Diga-me que a sua afirmação não foi séria…

      A república presidencialista (pior forma de governo que o Brasil poderia ter adotado, ela funcionou apenas em um país, que atende pelo nome de Estados Unidos da América) fracassou miseravelmente no Brasil, e se não deu certo depois de 126 anos, você realmente acredita que ainda tem alguma chance de dar certo ?

      Eu estou muito desiludido com esse sistema, mas também nunca havia pensado em monarquia. Foi navegando net, procurando exatamente pelo assunto deste post (que a proclamação da República foi um golpe, disso eu sabia), que cheguei aqui, li o post, me interessei mais e aí fiz mais uma busca pelo Google. E hoje estou convencido que esse golpe foi o pior erro já cometido na História do Brasil (basta comparar o que veio nos 126 anos que se seguiram, tivemos mais ditadura do que democracia, e os golpes de Estado, que foram recorrentes, até chegar ao golpe de 1964, e, finalmente, à ditadura atual, que se disfarça de democracia, que faz lavagem cerebral em sei lá quantas pessoas, rouba na maior cara-de-pau do mundo e na qual ninguém é punido…

      O que provavelmente não teria acontecido se o Brasil tivesse continuado com a monarquia como forma de governo. OK, eu não sou monarquista desde que nasci. Mas, depois de alguns meses desde que comecei a ler sobre o assunto, posso afirmar que, hoje, sim, sou monarquista.

    4. E quanto ao golpe militar que instaurou essa mesma república? E quanto a ditadura de Deodoro e Floriano… Se você é contra o golpe de 64 deve ser também contra o de 1889…

    5. O que esperar dessa gente que toma no cu a 127 anos com um golpe de estado podre, corrupto e falido que está cada pior e ainda dão a favor da ré-pública? O único lugar que isso deu certo foi nos EUA por ser uma colônia de povoamento e onde o federalismo funciona de verdade! Na verdade a república dos EUA funciona como uma monarquia, o presidente é o chefe de estado e quem governa mesmo são os governadores de cada estado que são como vários países autônomos em um só! Tu acha mesmo que existe democracia na ré-pública, animal? O Brasil era o país mais democrático do mundo no Império e atualmente os países mais democráticos, mais desenvolvidos e com os maiores IDH do planeta são monarquias! O Brasil foi fundado como uma monarquia, foi ela que declarou a nossa independência, responsável pelo período de maior prosperidade pelo maior e mais preparado governante que já tivemos e pela abolição da escravidão! O que esse lixo de ré-pública fez de bom para o Brasil? Apenas corrupção, golpes, ditaduras, subdesenvolvimento, sistemas públicos precários, ou seja, vergonha mundial! O Brasil precisa restaurar a monarquia parlamentar urgentemente! Querer continuar com um sistema podre, corrupto e falido que veio através de um golpe liderado por meia dúzia de militares e pela elita escravocrata sem participação popular, que nunca deu certo e só trouxe desgraça pra nação a 127 anos é demência e alienação!

  3. Pros que acham q escrevo sem fonte de pesquisa, parém de importunar e leiam os livros.

    Grata.

    Fontes:

    – 1889 de Laurentino Gomes
    – A invenção republicana de Ricardo Lessa
    – Os militares e a República de Celso Castro
    – A verdade histórica sobre o 15 de novembro de Leoncio Correia.

  4. Respeito a opinião e a posição de quem é monarquista. Porém, há que fazer a ressalva de que, apesar de esse texto estar publicado em um site que defende o pensamento de direita, não quer dizer que ser de direita significa ser monarquista. Sou de direita e sou republicano.

    1. Eu sou de esquerda, ex-comunista e sou monarquista por convicção e patriotismo.. A monarquia abriga esquerdistas, direitistas, macumbeiros, católicos, muçulmanos, budistas, ateus……..enfim, quem governa é o primeiro ministro, escolhido pelo parlamento,que por sua vez foi escolhido pelo povo.

      1. patriota de esquerda? kek
        esquerda apoia violação despótica ao direito a propriedade, flexibilização do código penal e é a favor de regulação trabalhista aos pequenos empresários. A familia real defende valores belos e morais liberais, não degeneração anarquista feia e imoral

    1. Magnos Augusto de Lima…

      Se você REALMENTE pensa assim, então só me responda: e COMO é que está essa república fracassada, hoje ? Não está muito, mas muito mais do que podre ? Sim, porque o nível de podridão e degradação desse pavoroso sistema de governo atingiu o seu auge, mas eu não duvido nada que piore ainda mais (como o meu irmão costuma dizer – e eu concordo – , “Se você acha que uma situação que já está muito ruim não pode piorar ainda mais, é porque você tem pouca imaginação”)…

  5. Depois de um texto muito bem escrito e bem fundamentado, vem quem tem vastíssimo conteúdo e solta a simples pérola, “O Império caiu de podre.” Outro tenta levar ao entendimento ou ao entendimento subliminar de que o blog Direitas Já! quis dizer que todo direitista é monarquista. Porém nem adianta perguntar o que é direita pois a resposta não virá.

    No máximo eu rio muito, caso contrário, entro em depressão.

  6. Nós somos um povo marcado por golpes!!! Quando eu fui na ilha fiscal e me deparei com um quadro enorme relatando o último reinado com o desenho da república surgindo , por alguns instantes senti a audácia e a prepotência prevalecendo sob todos os olhares daquela pintura!!!!

  7. Fui pesquisar sobre monarquia já li A invenção republicana, vou procurar os outros. Sou metódico, nas pesquisas geralmente odeio o Wikipédia, mas hoje especificamente me veio a calhar tomei a liberdade de copiar uma frase que tem dono a muito tempo ! ( O estado sou eu, mas o babaca és tu, e os inimigos são eles Luis XIV sobre Monarquia) O que mudou nestes anos ? porque a monarquia funcionaria ? qual a diferença entre MONARQUIA e REPÚBLICA? No final quem manda e um ser humano e quem tem juízo obedece ! Vocês só sabem navegar em barcos e caravelas de madeira,o ser humano já pode voar e estar em todos os lugares ao mesmo tempo, Vocês leram tanto estudaram tanto, mas não sabem o que fazer para não repetir os mesmos erros, então mudam o nome ou dão uma rupa nova,e querem defender e apresentar sistemas falidos a mais de 2000 anos ! Querem uma resposta que satisfaça tanto Monarquistas quanto republicanos, ou democratas, direita e esquerda, religiosos e ateus… etc ? Acreditem ou não eu achei a resposta mas não vou deixar ela aqui, só vou mostrar o pilar que ela se apoia. Somos todos seres individuais e únicos, e o tamanho da nossa capacidade e o tamanho das nossas incapacidades ! pronto só isso já resolve qualquer problema, politico pessoal, profissional, mas o melhor vem nas implicações sociais não tenho culpa se não entenderem! Parece simples demais né? Mas e muito complexo e tem implicações fantásticas, quase magicas, Implantem e entendam estas verdades no principio de todo sistema e tudo o que já ouviu, leu e estudou vai mudar, incluível seus valores !

    1. Ñ acho que a Monarquia é o melhor modelo do mundo, mas para o Brasil seria sim, o mais importante é que separaria Chefe de Estado de Chefe de Governo, o Imperador seria o Chefe de Estado e Chefe Supremo das Forças Armadas o meio persuasivo que daria o tapa na mesa em momentos de crise e convocaria novas eleições.

      O Imperador Imperador ñ mexeria com dinheiro receberia seu salario e ñ estaria vinculado a partidos alguns, e se o povo em massa clamasse pela restauração abalaria as oligarquias politicas e populistas, uma rasteira nesta classe politica corrupta.

      1. Monarquia não é o melhor modelo, está longe de ser, ao longo de 5 mil anos de historias os maiores tiranos eram reis imperadores. abusando de seus poderes alguns até se achando deuses. A situação que esquerda colocou o Brasil fazendo com que o povo tenha repudio e desiterence na politca, faz até algusn terem ” ” “saudades ” de um regime que nem conhecem direito, há um rei é ensinadodesde de crianças Luiz XVI e outros também foram e foram piores que muitos presidentes.

        O melhor modelo hoje para o Brasil é O Parlamentarismo sem Rei. as 15 maiores economias do mundo são parlamentaristas tem monarquias e republicas ou seja o que funciona é o parlamentarismo , se observa que particpação dos monarcas é quase zero na politica economia .

  8. Na verdade acho que proclamaram a Republica mas nunca de fato nos tornamos uma Republica. O sistema republicano autentico não permite falcatruas, os Gregos criaram o sistema republicano porque já na época, a Democracia permitia a corrupção. Esta tudo no Google.

  9. A Monarquia Constitucional Parlamentarista ñ ´seria a solução mas parte da solução, o mais importante que a monarquia proporcionaria é a separação do Chefe de Estado de Chefe de Governo, o Imperador Seria o Chefe de Estado e Chefe Supremo das Forças Armadas desvinculando os meios persuasivos da classe politica, um Arbitro e um Juiz e um General que em momentos de crise teria o direito constitucional de dar o tapa na mesa e convocar novas eleições, para o Brasil seria perfeito por isto em 50 anos de Dom Pedro II avia estabilidade!

  10. República graças a uma disputa amorosa, por isso as novelas fazem tanto sucesso por aqui, as vezes da impressão que o Brasil não foi descoberto, da impressão que o Brasil foi escrito, isso aí daria um bom novelão de época.

  11. Sempre pensei da forma como li este texto,o nosso pais é o único no Mundo que tem um feriado para o dia da “Proclamação da República”ou seja; um Pais que comemora o dia de um crime,um golpe militar, só pode ser um Pais que sempre reinará a corrupção,pois os nossos filhos já aprendem a mentira e a mentir na escola como que está inserido nos livros não de História e sim de estorias,Pais hipócrita,povo hipócrita,cheio de. Políticos ladrões e super hipócritas,quem fala que não acredita no que está escrito no texto acima,é porque é um néscio,um ignorante,que será sempre massa de manobra politca por esses brazis afora etc…..

    1. Eu sempre digo que não proclamaram a republica, o que fizeram foi uma partilha para aqueles que eram amigos do Rei, foi uma usurpação, nunca tiveram a intenção de cumprir os deveres de uma republica, apenas decidiram compartilhar entre si toda a riqueza e potencial, dando terras a revelia aos amigos com interesse comum, nasceu da corrupção e não vai mudar por bem, nunca.

  12. Em resumo, o feriado de 15 de Novembro é um feriado em homenagem a um golpe militar orquestrado por militares ufanistas, nacionalistas, da guerra do Paraguay e financiado por oligarquias raivosas por terem perdido sua mão de trabalho escravo. Só no Brasil mesmo vemos uma coisa dessas. Aí 5 dias depois (dia 20 de novembro) comemora – se a “consciência negra”. -_-

  13. Meu caro,
    O problema não é a forma de governo x ou y, que está no papel graças a dezenas de guerras e covardes golpes de Estados que foram contra os direitos fundamentais dos homens.
    Não… O problema é outro e mais simples de perceber:
    A América Portuguesa é um labirinto de povos e culturas muitas vezes incompatíveis. Se você acredita na democracia, precisa sabe que ela é um sistema onde O POVO escolhe o seu destino.
    Nessa centralizada América Portuguesa, existem DEZENAS de povos arrebanhados militarmente por um cretino que percebeu a ruina do império. Se não fosse isso, os povos hoje estariam livres como nossos povos “primos” da América Espanhola E AI SIM, CADA UM DELES PODERIA SABER NA PRÁTICA O QUE É VIVER NUMA DEMOCRACIA. O Brasil só existe hoje por causa da covardia de D. João que veio fugido de Portugal (da guerra napoleônica) e quando voltou para lá deixou no Rio de Janeiro armas suficientes para os cariocas (E hoje nortistas) escravizarem os povos mais produtivos DESSA América que nunca seria de Portugal se esses tivessem o mínimo de honra e palavra com relação a tratados.
    Aliás o primeiro grito de independência de todas as Américas, ocorreu aqui, em terra de bandeirantes, São Paulo. Foi a aclamação do nosso Rei Amador Bueno em 1641. Isso sim é DEMO cracia. Um POVO coeso, social e culturalmente, escolhendo o seu destino.
    Quer falar de democracia e justiça? Defenda plebiscitos de secessão onde cada POVO deve escolher se quer ou não fazer parte dessa horrenda fantasia cômica chamada republica ou monarquia brasileira.

  14. Eu sempre procurei um site que explicasse detalhadamente os acontecimentos históricos importantes, necessários para compreensão de um tipo de sociedade, como é entendido perfeitamente o enredo de um livro literário. Esse site foi como uma luz em meus conhecimentos históricos. Muito bom mesmo! Continuem assim por favor, pois é raro e essa geração precisa!👏👏👏👏

  15. Poderíamos ser hoje um país de primeiro mundo, não fosse o Golpe da Proclamação da República em1889 e também da história mal contada às gerações seguintes! Agora somos este país da corrupção. Muito triste! Mad vamos esclarecer a todos e lutar pela reinstalação da Monarquia Parlamentarista no Brasil!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.