Tags

,

Ontem o TSE agindo de acordo com a lei barrou a criação de uma legenda que serviria apenas como trono para uma politica com que se acha uma divindade.

No Brasil temos muitas legendas de aluguel e algumas legendas que tem como fim servir de púlpito a “divindades” egomaníacas.

Marina não tem nada de novo, continua sendo a pessoa marxista, populistas, anti capitalista dos tempos que estava no PT, agora apenas com uma casca verde por fora, uma melancia, verde por fora e vermelha por dentro.

A REDE, o partido apartidário, é sim uma armadilha para pegar esses inocentes uteis que passaram a odiar a politica acreditando que com isso vão melhorar o país. Odeiam a politica que não é a causa do problema, mas continuam amando os políticos corruPTos, bastando que esses troquem de “roupa”, fazendo com que muitos eleitores acreditem que com isso eles se reciclem completamente de todos seus valores e princípios ou falta deles. O nome REDE cabe muito bem a esse partido, pois é uma Rede mesmo no sentido de armadilha para os desavisados.

No final esses eleitores só vão fazer por eleger outro candidato a tirano populista do seculo passado, mas que tem discurso descolado e fala mansa.

Um aspecto chocante após a decisão do TSE foi a reação da nossa “oposição”, em especial do senador Aécio Neves, que um dia antes classificou como acinte ter 32 partidos políticos e pouco tempo depois lamentando a decisão do TSE que cumpriu a lei, pois a legenda não tinha o numero mínimo de assinaturas comprovadas de acordo com a lei que vale para todos. Se os cartórios agiram de má fé não é da alçada do tribunal neste momento. Deveriam ter acionado judicialmente os cartórios que supostamente os prejudicaram. Tribunal não é cartório e vice versa.

Aécio deveria se decidir, se esse numero absurdo de partidos é bom ou ruim segundo seu conceito e assumir uma posição, assim como quando ele criticou os ministros do supremo que agiram como advogados do PT durante o caso do mensalão, mas na sabatina para aprová-los na sabatina do Senado, foi só elogios para os mesmos esses então candidatos a ministros do STF.

Essa nossa “oposição” esquizofrênica é de matar.

Links Relacionados:

 

Por que tantos pedem desculpas a Marina? Ou: Um inimputável na República já é inaceitável

Marina Silva: “Não temos registro, mas temos ética”

Após derrota no TSE, Marina define hoje seu futuro político