Reféns do monopólio esquerdista por “nossa própria culpa”

Acabei de ler o artigo do Reinaldo Azevedo em seu blog na Veja sobre os resultados da pesquisa eleitoral para presidente em 2014, que nos traz péssimas noticias para quem espera livrar o Brasil da ditadura bolivariana.

Como entender os números da pesquisa Ibope, que não surpreendem os leitores — e eleitores — deste blog

O artigo toca em um ponto crucial do principal motivo do monopólio esquerdista e do domínio politico dessa corrente no país:

É evidente que o resultado é ruim para o PSDB — na verdade, para as oposições. Aécio oscila negativamente num momento em que a propaganda política tucana, de que ele é estrela única, está no ar. Seria o caso de reavaliar o tipo de abordagem? Marqueteiros têm uma lógica muito particular, que desafia — e isso é bom — o senso comum. Mas não é raro que desafie também o bom senso, e isso não é. Li uma entrevista de Renato Pereira, que cuida da área no PSDB. Ele se mostra, acho, sensato, inteligente, ponderado.

“Tudo está muito no começo ainda”, dirá alguém. É verdade. Mas parece que já dá para saber o que funciona e o que não funciona. Tudo indica que esse negócio entre o bom-mocismo e o didatismo, por mais bem-feito que esteja (e está), pode não ser lá muito eficiente. “Mas, então, qual é a receita?” Não tenho. A minha questão com a oposição é de mais fôlego, como sabem. Não vejo por que o Brasil deva ser uma jabuticaba universal, constituindo-se na única democracia do mundo a não ter um partido conservador forte. Mas isso, é evidente, não é coisa que se resolva para a próxima campanha. Como o PSDB não é nem quer ser esse partido, as coisas ficam difíceis. Já escrevi muito a respeito. Partidos que são alternativas de poder são mais do que indivíduos talentosos, habilidosos ou competentes. São, antes de mais nada, um conjunto de valores. Por mais que se possa detestar o PT — e vocês sabem o que eu penso a respeito —, a sigla transita muito bem nessa área. Mesmo Marina Silva, sem cargo e sem máquina — e falando, a meu ver, coisas incompreensíveis —, se sustenta num patamar apreciável, dado que não tem ainda partido, porque “simboliza” algumas causas.

Resume bem a esquizofrenia da “oposição” seguir a cartilha imposta pela esquerda de que só é valido defender valores e ideais socialista ou ser “pragmático” que é o termo que designa nossa oposição “nem de centro, nem de esquerda e nem de direita”, uma massa amorfa e idiotizada que só serve para dar ares de democracia a ditadura branca que vivemos, o que de interesse dos atuais detentores do poder para continuar com seu projeto bolivariano de ditadura velada.

De nada adianta manifestações contra “tudo que esta ai” sem oferecer uma alternativa a todos esses problemas, sem ter representantes políticos. Quando vejo esses indivíduos reclamando de todas mazelas que vivemos em função do socialismo e ao mesmo tempo demonizando a politica e quem deveria nos representar, sinto que o futuro do país é sombrio.

Enquanto não houver oposição real não sairemos deste ciclo vicioso, sem assumir a defesa de ideais e valores continuaremos órfãos de representantes na politica e reféns do monopólio esquerdista e de partidos fisiológicos.

 

Anúncios

Autor: Guilherme Frederico

Produtor rural e agro empresário.

3 comentários em “Reféns do monopólio esquerdista por “nossa própria culpa””

  1. O que esperar no Brasil onde a “oposoção” é o tal de PSDB, conduzido pelos ex-comunistas FHC e José Serra!O que esperar, quando mais de 3 Milhões de Pederastas encheram as ruas só em São Paulo na “parada gay”! O que esperar quando se gasta cada ano 900 milhões de Reais, de salários para vagabundos corruptos ditos de “politicos”! O que esperar quando os ditadores socialistas do PT, já tem asegurado 40 Milhões de votos da Bolsa Família!No comunismo, vocês não vão ter mais “sambinha” carnaval,futebol,sindicatos,greves,aumento salarial,decimoterceiro,novelas nem FGTS, vai ser como em Cuba, 50 Reais ao mês de salário para todos, isso é a miseravel “igualdade socialista” que vos espera nas eleições em 2014!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.