Por que eu sou Monarquista

Muitos amigos e leitores que me acompanham nas redes sociais, já devem ter notado que há algum tempo eu venho postando mensagens a favor da Monarquia. Muitas pessoas vêm me indagando o porquê disso e meus colegas monarquistas me questionam o motivo pelo qual eu nunca ter me posicionado claramente a respeito, trocando em miúdos, porque não escrever logo de uma vez a favor do regime do qual eu e muitos acreditam ser o melhor pro país.

Os motivos pelo qual pensei e repensei antes de escrever a respeito são diversos, posso citar entre eles o fato de ser praticamente um crime pensar diferente da grande maioria que se diz “elite pensante”. Muitas pessoas acham a monarquia um atraso por terem aprendido no colégio a tal da Monarquia Absolutista, do qual não é essa que sou defensora. Culpa também da grade curricular deturpada que temos nas escolas que tem o intuito de denegrir a imagem da Monarquia pra ajudar a consolidar dia após dia o grande golpe da República. É preciso estudar muito, ir atrás de bastante informação para chegar à conclusão que a república não só leva o país ao atraso como também foi responsável pelo aumento desenfreado da corrupção.

O primeiro ato de corrupção do regime republicano foi quando os golpistas ao obrigar a família imperial do Brasil ao exílio, retiraram dos cofres públicos 5 mil contos de réis e deram a Dom Pedro II como forma de indenização pelos danos sofridos. O Imperador não só recusou como também exigiu que caso o dinheiro já tivesse sido retirado dos cofres públicos que fosse feito um documento comprobatório no qual ele o estaria devolvendo. Ele citou então a frase: “Com que autoridade esses senhores dispõe do dinheiro publico?”

Dom Pedro II
Dom Pedro II

Se Dom Pedro II ainda fosse vivo veria que nesse país nada mudou, que com toda autoridade do mundo nossos políticos, republicanos ainda dispõe do dinheiro público como se fosse deles, usando pra benefício próprio e como meio pra promover inúmeras reeleições.

Incrível como os mesmos que falam mal da Monarquia, por dizer que é um regime no qual uma pessoa fica no poder até a morte, tentam também por meio do regime republicano achar brechas pra que se perpetuem também no poder de forma vitalícia. Muitas vezes são os mesmos que apóiam ditadores como Fidel Castro, Hugo Chavez, Evo Moralez e tantos outros.

Bom, agora vamos nos ater aos fatos:

– Em se tratando de corrupção, no ranking da corrupção global de 2011, eis a lista dos dez países mais honestos do mundo e os 10 mais desonestos. Confira você mesmo:

Os 10 países mais corruptos do mundo – 2011

Ranking

País

Nota

Sistema de Governo

1

Somália 1 República Presidencialista

2

Coréia do Norte 1 República Presidencialista

3

Myanmar 1,5 República Presidencialista

4

Afeganistão 1,5 República Presidencialista

5

Uzbequistão 1,6 República Presidencialista

6

Turcomenistão 1,6 República Presidencialista

7

Sudão 1,6 República Presidencialista

8

Iraque 1,8 República Parlamentarista

9

Haiti 1,8 República Semipresidencialista

10

Venezuela 1,9 República Presidencialista

Os 10 países mais honestos do mundo – 2011

Ranking

País

Nota

Sistema de Governo

1 Nova Zelândia 9,5 Monarquia Parlamentarista
2 Dinamarca 9,4 Monarquia Parlamentarista
3 Finlândia 9,4 República presidencial-parlamentar
4 Suécia 9,3 Monarquia Parlamentarista
5 Singapura 9,2 República Parlamentarista
6 Noruega 9 Monarquia Parlamentarista
7 Netherlands (países Baixos) 8,9 Monarquia Constitucional
8 Austrália 8,8 Monarquia Parlamentarista
9 Suíça 8,8 República Federal Parlamentar
10 Canadá 8,7 Monarquia Parlamentarista

Já que o Brasil não está fazendo parte nessa lista, em se tratando de honestidade somos o 73º mais honesto do mundo. Absurdo, mas não é novidade.

Outro fato que pesa é que por falta de informação muitas pessoas falam que não querem sustentar uma família real inteira, porque isso sai muito caro. Para os desinformados de plantão, queria dizer que se for colocar na ponta do lápis sai muito mais caro sustentar todos os ex-presidentes do país do que uma família imperial inteira.

Outra questão que deve ser citada é que diferente de um presidente, um rei não nasce de um momento oportuno, de um momento político, não ganha eleição por sorte, por corrupção e tudo mais. Tampouco é eleito por campanhas apelativas e com cunho demagógico. Um rei é preparado desde o seu nascimento para sua missão e sua educação vem desde o berço e nenhuma atitude pode ser tomada por ele sem que tenha aprovação popular.

Visando se manter no poder o rei sempre tomará medidas que estejam de acordo com a vontade do povo. Um exemplo disso foi o pai da rainha Elizabeth II, o Rei George VI que não era o primeiro sucessor ao trono, mas chegou a assumir porque seu irmão Edward VIII decidiu se casar com uma mulher que não agradaria a população britânica.

Corrupção, desvio de verbas, violência não é de interesse de um monarca.  Isso se dá pelo fato de que o monarca trata do dinheiro como “se fosse dele”, logo se é dele, ele não desviará, não gastará de forma desnecessária e de forma burra. Já um republicano trata o dinheiro público como se fosse “dinheiro dos outros”. Precisa se falar o que se faz com “dinheiro dos outros”?

Usa-se “dinheiro dos outros” para se financiar inúmeras reeleições – um rei não precisa pensar em reeleição – para financiar obras que nunca serão acabadas, pois estas também só são vantajosas caso se deixem de uma eleição para outra para que esta seja garantida. Usa-se “dinheiro dos outros” pra se financiar o mensalão, pra financiar a violência, para aumentar o valor do bolsa família e inventar mais inúmeras outras bolsas. Usa-se dinheiro dos outros para promover construções de estádios megalomaníacos, por exemplo, e por ai vai.

Se para um rei é ideal que a saúde, a educação, o transporte público e o saneamento sejam de qualidade, para a república ela é usada como meios para eleição, pois se tudo está bem, o que um candidato a presidência precisa prometer para se eleger?

E para finalizar: A burrice é a melhor arma pra um político republicano garantir diversas eleições, pois é através da ignorância da maioria da população que eles chegam ao poder. Já para um monarca quanto mais culta for a população, mais ela enxergará o quão melhor para o país é esse regime e que a república é um verdadeiro conto da carochinha. Mas claro, isso não é ensinado nos livros da escola e precisa ter um mínimo de coerência para se chegar a essa conclusão.

Família Imperial do Brasil
Família Imperial do Brasil

Leia também: Proclamação da República, o maior golpe de estado da história brasileira: A história que seu professor não contou

Anúncios

Autor: Rafaela Santos Jacintho

"Posso não concordar com nem uma das palavras que me diz, mas lutarei até com minha vida se preciso for, para que tenhas o direito de dizê-las".

45 comentários em “Por que eu sou Monarquista”

  1. Se para um rei é ideal que a saúde, a educação, o transporte público e o saneamento sejam de qualidade, para a república ela é usada como meios para eleição, pois se tudo está bem, o que um candidato a presidência precisa prometer para se eleger?

    Essa e a real diferenca de uma monarquia,e de uma republica.

    se usarmos uma frase mais simples,porem com o mesmo conteudo,
    podemos iluminar a cabeça do povo
    e salvar o Brasil

  2. Rafaela,
    Parabéns pelo artigo oportuno e esclarecedor. A monarquia, nos países que a adotam, é simbolo de estabilidade e segurança. Gostaria muito de participar desse movimento em prol do retorno da monarquia no Brasil.

      1. menina como não te achei antes kk….parabéns! faça uma matéria sobre os intelectuais da época que foram contra o golpe.

  3. Pouco importa se o regime é republicano, diarquia ou monarquia. A mentalidade ainda é a mesma e as pessoas também. A raiz do problema continua inteira: O estado tem poder demais. E todo aquele que se colocar no comando deste usará destas prerrogativas absurdas.

    Se diminuirmos o tamanho do Estado – diminuiremos a arbitrariedade e a corrupção.

    Depois podemos decidir as demais questões.

  4. Busco entendimento e esclarecimentos sobre o assunto monarquia e tenho pesquisado e lido, porém menos do que gostaria pois o tempo está cada vez mais curto mas, Rafaela, tenha a certeza de esta sua publicação me ajudou num entendimento mais didático e simples do que o dos filosofistas que escrevem demais e quase nunca dizem algo útil.

  5. É por causa do Parlamentarismo e não da Monarquia que estes países são desenvolvidos. Os EUA e a Alemanha são Repúblicas Federativas e a Islândia é uma República Parlamentarista, e são todos ricos.

    1. Brilhante esplanação, por essas e outras razões é que tenho a convicção de ser Monarquista Constitucional Parlamentarista. E D. Pedro II o maior brasileiro de todos os tempos!

    2. Na verdade não. São uma minima exceção. É claro, nem todas as monarquias são desenvolvidas mas a maioria é. Nas repúblicas presidencialistas e parlamentaristas são diferentes. Um minimo de países é desenvolvido e a maioria é pobre.

  6. Outro dia li uma reportagem sobre o Fator Lula para as próximas eleições. É por isso e por outras que virei monarquista, preciso de um funcionário publico que possa constantemente me proteger destas mazelas! Não se entrega poderes de estado e governo para a mesma pessoa.

  7. …parabéns pelo comentário exposto, sem meias palavras, direta e objetiva. Temos nos unir por mais distantes que estejamos e quebrar a barreira da ignorância política que impera nesse país. Só vamos acabar essa roubalheira e a boa vida desses politiqueiros de merda…!

  8. Temos orgulho da história deixada pelo S.A.I.R. Dom Pedro II, que era um homem visionário, além do seu tempo e que cuidava do Império como sua família, não é preciso pesquisar muito para ficar encantado com os feitos desse ilustre e majestoso brasileiro. Vejam meu twitter @MonarquiaJA_BRA tem bastante coisas importantes sobre nossa história Real que não aprendemos na escola, visitem também o site do Instituto Brasil Imperial http://www.brasilimperial.org.br.

  9. Olá. É a primeira vez que leio argumentos que tentem favorecer o regime monarquista. Tenho uma questão: o texto indica que presidentes e demais políticos só trabalham porque têm interesse na reeleição. Ou seja, se fazem algo, é porque não querem perder o mandato. O rei, se pensarmos através dessa lógica, não precisaria fazer absolutamente nada, pois não tem necessidade de ser eleito, e nós dependeríamos de sua boa vontade para as realizações públicas.

    Outra coisa que me instigou foi a lista de países em que há menos corrupção. Atribui-se, ao que parece, o sucesso desses ao regime, mas negligencia-se o fato de que todos, quando não são europeus, possuem vínculo com a Europa, continente que se beneficiou largamente com a invasão, o genocídio e os roubos e escravidão ou semiescravidão em outras terras. Há, na África, mais de 10 milhares de estados autônomos sob a monarquia. Todos são pobres. Não atribuo, a princípio, o insucesso à monarquia, mas é óbvio que não haja relação direta entre regime e má gestão governamental.

    1. O que o artigo não cita é que a monarquia parlamentarista tem uma grande vantagem sobre repúblicas: o interesse pessoal do monarca é o mesmo interesse da nação. O rei não fica rico numa nação pobre, nem tem poder numa nação fraca. O rei não fica rico e poderoso com governantes corruptos, logo é de seu interesse coibir a corrupção, pois é roubo à nação e ao próprio monarca.

      O interesse do monarca é permanecer no poder e conservar o poder para seus filhos. Isso faz com que ele pense nas próximas gerações ao invés de pensar nas próximas eleições.

      As duas únicas monarquias da África são monarquias absolutistas: Suazilândia e Marrocos. Como a autora disse, não é esse tipo de monarquia a ser defendida.

      Sobre a escravidão e colonialismo: sim, a Europa fez isso. Mas ela não está bem hoje por conta disso, mas apesar disso.

      Passar bem.

  10. excelente. sou monarquista desde que nasci. Continue a trabalhar para mudar o Brasil. Devemos colocar o Brasil nos trilhos da modernidade e do verdadeiro progresso. Monarquia Parlamentarista ja.

  11. Se o sistema de governo, republicano, nesses 124 anos ainda não encontro o rumo, não acredito que o encontrará mais. Foi um golpe da conveniência da aristocracia dos fazendeiros e não pela convicção do povo. O Brasil é realmente monarquia. Devemos propugnar pela restauração da monarquia parlamentarista em nosso País, caso contrário, não se poderá avaliar qual será o futuro da nossa nação. Sou
    monarquista porque sou brasileiro e quero o melhor para o meu País.

  12. Sempre fui um rebelde nas aulas de história do Brasil, poe achar que havia muita mentira e omissão da verdade. Por isso sempre fui um monarquista e trabalho em prol da monarquia desde a promulgação da CF de 1988, com a criação do Movimento Parlamentarista Monárquico do então Dep. Cunha Bueno. Fazendo pesquisa e fazendo contato com alguns membros da realeza e da nobreza europeia, me convenço cada vez mais de que a Monarquia é a forma ideal de governo que nos dará a possibilidade de tirarmos o Brasil deste atoleiro de lama em que se encontra.

  13. Olá Rafaela, gostaria de dar meus parabéns pelo post, a cada dia descubro fatos históricos da monarquia que nunca tinha visto no período escolar, por isso hoje sou monarquista e a cada nova descoberta do império só tenho motivos para reforçar essa ideia!

  14. Parabéns pelo artigo Rafaela. Pena que os monarquistas ainda estão tão desorganizados e dispersos. Também falta que pessoas públicas apoiem, para que o assunto comece a ganhar mais aceitação. Mesmo com bom argumentos, as pessoas relutam a acreditar que a maioria das repúblicas são menos democráticas do que nosso Brasil Imperial. Abraço.

  15. A monarquia só traria um único bem ao brasil, nossos candidatos não iao gastar para se eleger, o que e gasto em uma unica eleição e equivalente ao salário de um ano inteiro dos servidores de todo o brasil se não for mais ! isso por si só já derruba uns 60% da inflação uns 45% dos juros… Junto com a monarquia viria uma cascata de benefícios financeiros! Porem qualidade de vida não se compra só com dinheiro, alias dinheiro e o menor dos problemas do brasil! Ótimo texto porem tendencioso, e recortado de um contesto único que não serve de parâmetros, mas serve para reflexões!

  16. Bom eu adorei seu artigo sobre a Monarquia, sou a favor a monarquia queria muito que o Brasil adotasse isso. E bom que eu tive um professor de portugues que me falou sobre o golpe do republica.

  17. O povo está cansado de tanta corrupção, porém está desinformado pois pede intervenção militar quando na verdade deveriam pedir o fim da república.
    Estou cansado destes políticos corruptos, estou cansado de não ser representado nessa falsa democracia!
    Viva a monarquia parlamentarista!!!
    Viva o Rei!!!

  18. showwww de bola vc disse tudo cara.. sou e sempre fui totalmente a favor da monarquia… Um sistema político quando eh implantado de forma corrupta, já começa errado e nunca vai dar certo.. ACOOOORDA BRASIL….
    Ta na hora do povo começar realmente a amar o país e parar de sentir o tal do orgulho de ser brasileiro só na porcaria do futebol…

  19. Parabéns pelo texto. Li as três obras de Laurentino Gomes e descobri várias verdades escondidas na nossa História, hoje sou totalmente a favor do retorno à Monarquia em nosso país. Conte comigo.

  20. Sempre fui contra o sistema republicano do brasil desde os 17 anos. Somente a 4 meses defendo a restauração do parlamentarismo monárquico. Até hoje ninguém me provou se teve algum governo republicano melhor que o governo imperial brasileiro.

    1. Pra mim a maior falha da República presidencialista, é que este regime favorece o populismo. O povo em geral é imediatista , e não entende o quão benéfico é o trabalho de longo prazo. Por isso que candidatos populistas, com discursos sedutores, e que prometem resolver todos os males da nação em quatro ou oito anos; são maioria na nossa classe política.

      A República presidencialista é um terreno fértil para germinar sementes de Lulas, FHCs e Getúlios Vargas.

      Eu não vejo essa falha na monarquia parlamentarista, já que o rei não pode ser populista, pois o papel maior deste é deixar um grande legado para seus descendentes.

      E juntando os fatos de que a época da monarquia foi a época mais próspera do Brasil, e que a familia real ainda está ativa e preservando os valores tradicionais, eu apoio sim a monarquia no Brasil.

  21. A esperança de um Brasil melhor não pode morrer, tenho fé na Divina Providência, mas no tempo de Deus. Os monarquistas, se possível ($$$…) poderiam ampliar o meio de comunicação com um espaço na televisão, para que aos poucos conquistarem a simpatia do povo. Há pessoas, famílias, que acreditam que à Família Imperial estão presas dentro de um livro de história, não sabem que são pessoas de carne e osso que moram perto de nós, em Petrópolis e em Vassouras na cidade do Rio de Janeiro.
    Cumprimentos,
    Marco Almeida Barão de Sealand

  22. Confesso que sempre vi a restauração da Monarquia como algo distante no Brasil, quase utopico, mas fico feliz em saber que muitas pessoas pensam e estudam a história para saber que a República foi instaurada mediante um Golpe Militar. Restaurar a monarquia no Brasil seria não só trazer de volta um sistema que exemplo no mundo, mas fazer justiça com a história e com a familia real que foi mandada a o exilio na França.
    Penso que existe ainda um longo caminho pela frente para restaurar a Monarquia, afinal são 127 anos de república e muitos não entenderiam seu retorno como ocorreu em 1993. É um trabalho de formiguinha e que deve contar com a ajuda de todos que conhecem a história e sabem o real valor de uma Monarquia Parlamentarista.

  23. O fracasso do regime republicano no Brasil nesses 127 anos, está no fato de que o número de bons presidentes não passa de três e o maior deles, que parece ter sido o único que conseguiu separar o público do particular, foi um ditador.

  24. Esse é o momento exato para que aconteça um novo plebiscito para a adoção de um novo sistema de governo, no caso uma monarquia parlamentarista, como o de 1993 e com isso a dissolvência desse legislativo podre.
    A família real está perdendo tempo esse é o momento certo para que o Brasil retome a monarquia as eleições de 2014 provaram que o pais está dividido e as de 2016 provam a inconformidade do povo com o recorde de votos brancos e nulos, o Brasil precisa de um salvador não deixemos que este seja um novo Luis Inácio Lula da Silva, pois caso seja o Brasil entrará novamente em um espiral desastres econômicos e de corrupção!.

  25. Temos bons exemplos de sobra de que a monarquia parlamentarista é a melhor opção democrática para o Brasil. Só basta estudar melhor sobre o assunto e percebe a razão de japoneses, britânicos , canadenses, australianos, espanhóis e holandeses não abrirem mão de suas monarquias.

  26. Restaure a ordem. Restaure o império do Brasil. Único governo que deu certo no país. Desafio alguém me provar se teve algum governo republicano melhor que o governo imperial principalmente o segundo reinado. Desafio alguém me provar se teve algum presidente melhor chefe de estado do que o nosso imperador Dom Pedro II.

  27. Rafaela. Brilhante texto parabéns. Monarquia cria uma identidade nacional ao que é de todos, pois até seu monarca faz parte do país. O que falta no Brasil é justamente isso. Acaba-se com o nós e eles e esta visao de país de tão curto prazo. Até hoje as pessoas riem quando falo que sou monarquista com se fosse piada. Agora pergunto como tirar esta idéia utópica do papel. Será que é possível?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s