Tags

, , , , ,

Nestes últimos dias índios liderados por Ong’s e pelo governo federal através da Funai vem praticando diversos atentados terroristas no Mato Grosso do Sul, sendo o caso mais emblemático no município de Sidrolândia .

Eles invadiram uma propriedade rural, a qual alega ser terra indígena, porem a família do proprietário comprou essa terra em 1927 legalmente com escritura.

A justiça de MS ordenou a reintegração de posse, que em primeiro momento não foi cumprida pelas forças da lei, pois alegaram falta de efetivo e por colocar em risco a vida dos criminosos que lá estavam, sendo que após isso quem foi retirado da propriedade pelas forças de segurança foi o proprietário legal da mesma. Um desembargador de SP suspendeu a reintegração de posse, algo completamente absurdo de acordo com a constituição a meu ver, para tentarem chegar a um acordo amigável. Essa tentativa frustrada se deu no dia 30.

Após isso as forças de segurança foram cumprir a reintegração de posse e expulsar os invasores da propriedade.

Chegando l encontraram resistência armada e revidaram, sendo que um dos criminosos foi morto, coisa que causou enorme comoção naquela turba dos direitos “uHmanos”’.

A coisa é grave e esta extensamente noticiada na internet, índios voltaram a invadir a propriedade, estão ameaçando assassinar o proprietário e o policial.

O ponto que trato aqui vai alem algo que não esta sendo considerado devidamente. Na busca desesperada por uma solução pacifica para esse caos, os proprietários já falam que o governo deveria “comprar” as terras para os índios e indenizar os proprietários legais. Em teoria seria uma saída justa, mas não é.

Vejamos, esses índios são criminosos, invadiram propriedade privada, queimaram casas, maquinas, estrutura na propriedade, mantiveram a família do proprietário sitiada na sede, entre outros crimes tipificados no código penal, fora que resistiram à reintegração de posse, atiraram na policia, usaram repórteres como escudos humanos alem do porte ilegal de armas.

Por que a indenização das terras desapropriadas nesses casos de assentamentos de índios, sem terra e afins é uma farsa?

Porque o Estado não gera riqueza alguma, toda receita deriva dos impostos pagos pelos contribuintes. E como eles irão pagar essas indenizações? Com que dinheiro?

Claro que com o nosso dinheiro! Dinheiro de todos os contribuintes, inclusive das vitimas diretas do terrorismo praticado por sem terras e índios. E isso não trará nenhum beneficio comum a nação, apenas estamos nos rendendo a extorsão por parte de terroristas.

Um exercício de lógica para esclarecer.

– Você doaria seu dinheiro para alguém que invadisse sua casa, queimasse seus moveis e cometesse todo tipo de terrorismo contra sua família para que o mesmo pagasse pela desapropriação do seu imóvel? É uma farsa, falácia, apenas passa falso sentimento de justiça, afinal nos estamos pagando com nosso dinheiro pelo que já é nosso ou de um terceiro. Isso é praticamente extorsão.

É isso que esta acontecendo nesses casos, só que de forma diluída, todos nós estamos premiando esses terroristas criminosos. Quando o governo paga alguma desapropriação de terra é isso que ocorre, usa o dinheiro publico que cada um de nós paga na forma de tributos para indenizar as vitimas diretas do terrorismo rural praticado no Brasil.

E pior, após a desapropriação vamos continuar a pagar através de impostos às despesas desses assentamentos, como bolsa família que praticamente todos recebem, visto que esses assentamentos são todos improdutivos.

Outro agravante é que essas terras acabam se tornando um estado paralelo, frequentado por traficantes, madeireiros ilegais e toda sorte de criminosos, ainda tendo os casos de roubo de carga cometidos pelos próprios índios que são considerados inimputáveis perante a lei. Além de entregarem as terras a Ong’s estrangeiras. Mas os custos de manter essas áreas continuam sobre os contribuintes Brasileiros, o ônus continua conosco.

Desapropriação não é a solução, é uma farsa, cria um falso sentimento de “menos pior” em nós, pois estamos sendo lesados dupla ou triplamente sem perceber.

O Governo Federal tem 150 milhões de hectares somente em terras devolutas e 122,935 milhões de hectares em reservas ambientais, que utilize essa terras para assentar os ditos índios e sem terras, nas áreas de propriedade da união. 107,6 milhões de hectares já pertencem aos índios, áreas já demarcadas.

Desapropriação é ceder ao terrorismo e ainda pagar por isso. Desapropriação é uma farsa, porque quem paga é o contribuinte de qualquer forma, estamos sendo lesados e ainda nos enganando ao achar que isso é uma alternativa.

Propriedades privadas jamais podem ser expropriadas, com ou sem indenização, visto que as indenizações saem dos bolsos dos proprietários legais que são consequentemente contribuintes. Desta forma isso nunca vai parar, os terroristas vão continuar a nos extorquir ate a falência total da nação.

Poderia ate dizer que comprem as terras de quem esta querendo vender, de acordo com as leis de mercado, mas para isso teria que ser com dinheiro privado e não com a “carteira alheia”.

Eu não quero meu dinheiro sendo usado para comprar terras para terroristas e criminosos e ainda usado para “sustenta-los” posteriormente através do assistencialismo estatal. Quem quiser que faça doações diretamente a eles e com recursos próprios.

https://direitasja.files.wordpress.com/2013/04/6797_281215858677871_407668889_n.jpg

Noticias sobre os acontecimentos: