Tags

, , , , ,

O caso da escola Sand Hook, na cidade Newtown-CT, foi amplamente usado politicamente para promover o desarmamento e o ataque aos proprietários de armas legais, isso já não é novidade, o uso por parte de regimes socialistas de acontecimentos que causem comoção para promover a agenda marxista. Acusam os conservadores, os cristãos, a direita reacionaria, a Associação Nacional do Rifle, as armas e objetos inanimados em si dentre outros bodes expiratórios, SÓ NÃO LEMBRAM DE CULPAR O INDIVIDUO QUE COMETEU O CRIME, que nesse caso é tratado como uma pobre vitima da sociedade capitalista.

A grande parte da imprensa mundial, por diversos motivos adere a agenda desarmamentista, mesmo sabendo que somente os donos de armas legais serão atingidos. Criminosos, terroristas, ditadores e afins não respeitam lei alguma, não irão depor suas armas.

No caso de Newtown, a mídia esquerdista acusou os rifles semi automáticos, os quais eles delinqüentemente denominam como “armas de assalto”, como responsáveis pelos problemas de violência e crimes.

No Brasil e no mundo foi amplamente divulgado que no caso em questão, foi utilizado um rifle semi automático (similar ao Ar-15), porem como vocês podem ler e assistir, o assassino não usou tal arma:

Então, eles finalmente teve que sair a publico e admitir, agora que o juiz liberou algumas informações junto com a polícia.

Um AR-15, ou o assim chamado “Arma de assalto”, não foi utilizado no disparo escola. O atirador ainda tentou semanas antes comprar um rifle, mas foi rejeitado na verificação de antecedentes. Então ele teve que matar a mãe para roubar sua arma. Houve relatos iniciais, logo após o tiroteio, que a polícia encontrou o AR-15 em seu carro, não na escola. A carabina não foi utilizado. O atirador entrou na escola com quatro pistolas, NÃO um Rifle de assalto como a mídia tem dito. Lembro-me nas horas iniciais do disparo, a polícia disse que encontrou a arma no carro. Mas o os meios de comunicação tendenciosos (mídia esquerdista) se aproveitou da situação como já era esperando, para levar a diante proibição chamadas armas de assalto e se agarrou sobre essa linha de comunicação, sabendo que era uma mentira, que incluía pessoas como Piers Morgan, que disse que o atirador usou uma AR-15 que dispara centenas de tiros por minuto, como se fosse uma metralhadora. Será que os esquerdistas democratas e seus meios de comunicação estavam usando isso para empurrar a nova lei anti armas, esperando que esse caso pudesse fazê-lo, antes que o juiz liberou a informação? Absolutamente.

O video da MSNBC sobre os fatos das armas utilizadas esta aqui: Investigation is ‘very complex’

A imprensa mundial divulgou amplamente a noticia que um rifle “de assalto” foi usado, mas nem sequer fez uma nota de rodapé informando o fato acima. Isso é uma cobertura imparcial dos fatos? George Orwell, o escritor de clássicos que denunciaram o totalitarismo, dizia que jornalismo é a arte de “publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade”.

A prova de que essas campanhas de desarmamento civil não passam de meios para pavimentar a estrada para ditadura foi dita recentemente pelo Líder da maioria democrata no senado Americano um socialista hipócrita, Harry Reid, “Salvar algumas vidas é mais importante que prevenir uma tirania”, referindo-se a tirar as armas das mãos dos cidadãos respeitadores da lei, pois a Segunda Emenda da Constituição garante o direito as armas nos EUA se refere justamente a proteger a propriedade privada, a vida e a nação de governos tirânicos. Lembrando os milhões de vitimas de tiranos desarmamentistas, essa frase é tão falsa quanto certas certidões de nascimento. Também o vice presidente Joe Biden, outro esquerdista, só que esse com a linguá bem solta e um tanto desequilibrado afirmou que O CONTROLE DE ARMAS QUE ELES ALMEJAM NÃO VAI EVITAR MASSACRES COMO O DA ESCOLA SANDY HOOK E OUTRO QUALQUER e nisso ele tem toda razão, de todos os massacres ocorridos por lá, apenas um aconteceu em um local que não era “Gun Free Zone”, ou locais onde porte de armas legal é proibido estritamente, mesmo que o cidadão tenha porte legal.

A questão principal é, não importa o calibre e o tipo da arma, muito menos a capacidade de tiro da mesma, quando é para um terrorista lunático atirar em pessoas indefesas e vulneráveis, que apenas se encolherão no chão enquanto o mesmo age “tranquilamente”, podendo recarregar, escolher alvos, etc. Isso tem um termo na caça, atirar em “pato sentado”, se elas não tem poder de reação, o único resultado possível é o massacre de inocentes indefesos.

Harry Reid: “Saving lives is more important than preventing imagined tyranny”

Biden Gaffe Caught on Camera: “gun control will not stop shootings”

14687_460834873951890_834456485_n

Sobre as Zonas livres de armas (Gun Free Zones), desde 1955 todos os massacres ocorridos nos Estados Unidos com exceção de um, ocorreram em Zonas Livres de Armas (Legais): Let’s put an end to “gun-free” zones.

Outros Links sobre as famigeradas Zonas de segurança para criminosos:

Gun-free zones cost lives— so boycott AutoZone and government schools!

Guns Don’t Kill People, But ‘Gun-Free Zones’ Do

John Lott Destroys CNN’s Soledad O’Brien on Gun Free Zones

The Facts about Mass Shootings