Tags

, , , , , , , , , , , ,

Aquilo que liberais e conservadores já sabem a muito tempo está comprovado: há uma relação entre o estado interventor e a corrupção política. Onde a Economia é mais livre, há menos espaço para a corrupção. O motivo disto é simples: onde o Estado regula menos a Economia, ele concentra menos poderes e recursos e portanto não vira um ‘pote de mel’.

Não há a necessidade de compadrio entre empresas e governo para obter concessões, privilégios ou recursos, e a falta de recursos concentrados no Estado impede que haja um excedente de recursos disponíveis e brechas no sistema que permitam a políticos desviar verba ou favorecer certas empresas.

Recentemente, a Época postou uma matéria sobre este assunto, de onde extraímos estes gráficos. Para ler o artigo original, clique aqui.