O sistema de cotas beneficia parte dos negros, os que possuem arcabouço educacional para alcançar uma universidade, mas não os reais necessitados, os pobres de diversas etnias.

Divulgando este excelente artigo de Éder Souza sobre as cotas raciais para o Amálgama. Para ler o artigo, clique aqui.