Brasileiro é de direita, mas gosta de uma ” mãozinha” estatal

O PSD, partido do Kassab, fez uma pesquisa para ver as preferências e opiniões da população, os resultados são interessantes:

Mais de 30% dos brasileiros são de centro-direita, mais de 80% é contra legalização de drogas e mais de 60% é contra o aborto, mas no caso das relações homossexuais e adoção de crianças por casais gays, a população é mais progressista e acha pessoas do mesmo sexo podem ser casar e ter filhos. No aspecto judicial maioria da população defende a pena de morte e maioridade penal para jovens de 16 ou 14 anos idade e os projetos sociais são vistos com bons olhos por uma grande parcela da população, mas essa mesma parcela se diz contra o Bolsa Família.

No aspecto econômico fica interessante e incoerente. Maioria acha que o melhor é ter seu próprio negocio, é contra a alta carga tributária e acredita que o setor privado é melhor gestor que o estado, mas mesmo assim são contra a privatização de empresas estatais.

Fica claro nessa pesquisa que o brasileiro tem uma noção bem fraca ou ausente de ideologia e correntes políticas, não consegue manter uma coerência com o que afirma. Exemplo, no area economica onde maioria acredita que o setor privado é melhor gestor, mas ao mesmo tempo demoniza a privatização de estatais. Logo podemos concluir que temos uma população que é de direita no aspecto social e muitas vezes conservadora, mas na economia fica um misto de liberal com social democrata.

Pesquisa com resultados e outros detalhes

http://www.psd.org.br/pesquisas/

Anúncios

4 comentários em “Brasileiro é de direita, mas gosta de uma ” mãozinha” estatal”

  1. O que essa pesquisa diz eh que brasileiro nao sabe unir causa e consequencia. Alem disso nao possuem a menor nocao de ordem biologica ao acreditarem que casais homossexuais podem ter filhos.

  2. O brasileiro comum entende que o PSDB é direita pois é mais direitista do que o PT, porém a definição correta é longe de ser essa. A correta é que o PT é mais esquerda que o PSDB, o que não torna o PSDB direita. Aqui, FHC é sinônimo de direita, mesmo tendo sido um esquerdista que aumentou o tamanho do Estado, mesmo privatizando. A “direita” aqui do Brasil é uma social-democracia moderada.

    Quanto às privatizações não serem bem vistas, o povo acha que o serviço (principalmente das empresas de telefonia, em que ele tem mais contato direto) é ruim – o que não deixa de ser verdade -, porém o entendimento deles de privatização é corporativismo e não livre-mercado. As pessoas precisam entender que existe essa diferença, para assim entenderem que existe uma diferença entre “capitalismo e capitalismo”. Tirar o serviço do monopólio estatal para entregar para um oligopólio (se não um monopólio) protegido pelo governo não deveria ser conhecido como privatização, e sim como “meia-privatização”.

    É simplesmente falta de informação e é completamente compreensível, já que o cidadão sai do ensino médio depois de “aprender” que as crises de 1929 e 2008 foram causadas pelo livre-mercado e só não foram piores porque o governo interveio, além de que capitalismo e globalização geram pobreza. Depois de tanta gente ver tudo isso, é demorado e complicado reverter o processo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s