Tags

, ,

Lembro que era uma quinta-feira, dia 15 de setembro quando o governo anunciou que iria aumentar o IPI dos carros importados, vindos de fora da área do Mercosul, em 30%. Essa medida só favoreceu as montadoras que tem fábricas no Brasil e países do Mercosul (General Motors, FIAT, Ford e Volkswagen em especial) e prejudicou os brasileiros, principalmente aqueles que começaram a comprar carros asiáticos especialmente os carros chineses e sul-coreanos.

Ford Edge,novo carro da presidencia

Enfim, na época deu um rebuliço. Mas, como a maioria dos assuntos importantes desse país, acabou caindo no esquecimento. Porém uma notícia que li ontem (13/02) me trouxe esse assunto em mente: a notícia dizia que o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República adquiriu uma frota de dez Ford Edge blindados, que foram IMPORTADOS do Canadá e custaram R$1,7 milhão. Os veículos serão utilizados a serviço da presidência para tarefas de rotinas, como escolta e transporte da presidente Dilma.

O que eu concluo é que vivemos de fato em um país socialista ou em uma neo-monarquia e que para o bem-estar da nobreza (políticos) o povo tem que sofrer, pois somos obrigados a comprar carros fabricados no Brasil com uma qualidade inferior aos mesmos carros fabricados lá fora, enquanto nosso Executivo anda de carro importado e blindado.

Nada contra eles andarem em carros importados e blindados, mas poderiam facilitar o acesso da população a esses veículos. Para isso nem é preciso subsidiar o setor: basta diminuir ou cortar os impostos.

Links: http://motordream.uol.com.br/noticias/ver/2012/02/13/10-ford-edge-blindados-se-juntam-a-frota-de-seguranca-da-presidente-dilma

http://carros.uol.com.br/ultnot/2011/09/15/governo-aumenta-ipi-dos-carros-importados-e-atinge-marcas-chinesas.jhtm

Anúncios