Em defesa do Marxismo!

Para provar que não é golpista e reacionária, a equipe do Direitas Já! resolveu abrir espaço para oposição aqui no blog. Através de um sistema de cotas que visa atender a uma minoria política histericamente oprimida, será permitida a postagem de conteúdo revolucionário, progressista e groucho-marxista. Kamaradas solidários com a causa podem contribuir para o blog enviando textos revolucionários imparciais, independentes e isentos de verdade.

O primeiro artigo é sobre os princípios do Groucho-Marxismo:

Groucho-Marx: deus e fundador do groucho-marxismo.

I. Groucho-marxismo, a teoria da revolução cômica, é muito mais do que a mera luta de crassos: é como uma luz vermelha na janela, iluminando o destino inevitável da humanidade: a sociedade desclassificada.

II. O groucho marxismo é dialético. Comediantes que falham em sintetizar a teoria e a prática (para não falar daqueles que falham em pecar, para começar) são inmarxistas. Os comediantes posteriores, não entendendo que a separação é uma alienação discreta promovida pela burguesia, acabaram por falar idiotices por um lado e fazer idiotices pelo outro em vez de falar idiotices e fazer idiotices concomitantemente em um único lado.

Bandeira do movimento.

III. Os groucho-marxistas devem denunciar o plagiário “marxismo vulgar” dOs Três Patetas, Monty Python e Pernalonga. Em vez do marxismo vulgar, devemos retornar para a autêntica vulgaridade marxista.

IV. O marxista com consciência de classe (ou seja, o marxista que sabe que não possui classe alguma) deve rejeitar a “comédia” anêmica, tendenciosa e narcisista de comediantes revisionistas como Woody Allen. A revolução cômica já superou a mera neurose – ela é lúdica e não púdica, libertina mas não liberal, militante mas não militar, prolífica mas não prolixa.

V. Ainda que não falte alguns vislumbres do insight groucho-marxista, o surrealismo socialista é distinto do groucho-marxismo.

Salvador Dalí: comprado pelo Grande Capetal, traiu o movimento.

VI. Antes de tudo é essencial renunciar a todo sectarismo cômico, como o que infecta todas as outras vertentes do comedianismo. Como é bem-sabido, Groucho repetidas vezes propôs sexo, mas sempre se opôs à idéia de secto.

VII. Guiadas pelos dogmas groucho-marxistas do malcomportamentalismo (ou misbehaviorismo) e do materialismo histérico, as massas abraçarão não só o groucho-marxismo, mas umas às outras.

Anúncios

Autor: Renan Felipe dos Santos

Indie Game Localizer.

2 comentários em “Em defesa do Marxismo!”

  1. Achei válido dar direito de resposta aos nossos amiguinhos mas acho que um espaço para eles postarem seus conteúdinhos é muito, poderia dar um espaço para eles civilizadamente se conseguirem argumentarem contra nós né? Beijos e boa sorte, gostei do bom humor que nós jovens temos, hora de renovação, a direita em sua maioria tem idéias “velhas” e a esquerda por si só é uma idéia “velha” nosso país e nosso mundo precisa de renovação…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.